Pular para o conteúdo principal

Dirceu mobiliza mais do que a Zelites

Na noite desta quinta-feira o ex-deputado, ex-ministro e ex-presidente do PT José Dirceu lançou seu novo site no Bar Momumental, na quadra 201 sul de Brasília, na presença de companheiros de longa data.

Com direito a coro "Dirceu / guerreiro / do povo brasileiro" puxado pelos jovens presentes, a festa distribuiu um livro chamado "Em defesa de José Dirceu" que conta um pouco de sua história e da sua defesa em relação às acusações de que seria um "chefe de quadrilha".

A presença de mais de 200 pessoas, entre as quais deputados, senadores, ministros e outras personalidades do mundo político, no evento mostra a força de mobilização e dará força à campanha que ele pretende encampar pela sua anistia.

Ao contrário do que estava programado Dirceu não ficará muito tempo em Brasília. Pensava em permanecer quase um mês e até participar do "1º seminário Anistiados do Brasil - Anistia e Direitos Humanos", que será realizado no Câmara do Deputados neste mês (apesar do nome sugestivo trata-se da anistia de 1979, da ditadura militar), mas como o Supremo Tribunal Federal julgará o processo do mensalão, no qual Dirceu é o principal acusado, ainda em agosto ele foi aconsehado pelos advogados a deixar a cidade para evitar rumores, já que o processo deverá ser arquivado.

Alguns dos presentes avistados pelo Blog durante o lançameto:

Ricardo Berzoini(PT-SP);
José Genoino(PT-SP);
Antônio Palocci(PT-SP);
Maurício Rands (PT-PE);
Marco Maia (PT-RS);
Zé Geraldo (PT-PA);
Edson Santos (PT-RJ);
José Mentor (PT-SP);
Paulo Rocha (PT-PA);
Professor Luizinho (PT-SP);
Chico Vigilante (PT-DF);
Geraldo Magela (PT-DF);
Carlito Merss (PT-SC);
Ideli Salvatti (PT-SC);
Eduardo Cunha (PMDB-RJ);
Agnelo Queiroz (PCdoB-DF);
Matilde Ribeiro;
Gilberto Carvalho;
Luiz Dulci;
Expedito Veloso (articulista deste Blog);
Muitos militantes de base;
Ilimar Franco (O Globo);
Denise Rothenburg (Correio Braziliense);
Cristiana Lobo (Globo);

Em suma, o Dirceu mobilizou mais gente para o lançamento do seu novo site do que a marcha dos cansados. De longe.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pastor de Chapadinha vai a Itapecuru prestar depoimento

O assassinato do empresário Pedro Lopes Fontenelle, em Vargem Grande, ainda é um mistério. Para ajudar a solucionar o caso o pastor Elias Lima, presidente da Assembleia de Deus em Chapadinha, se dirigiu à Delegacia de Itapecuru-Mirim na manhã desta terça-feira (02) para prestar depoimento.
O crime aconteceu na última quarta-feira (27) às margens da BR-222, em frente a uma propriedade que o pastor havia vendido para o empresário. O empresário foi executado com dois tiros e não levaram nada dele.
Segundo um genro do pastor, o irmão Ezequiel Douglas, ele não recebeu qualquer intimação para comparecer ao distrito policial que investiga o caso e se dirigiu de forma espontânea. “Como ninguém sabe quem são os autores nem a motivação do crime, cabe todos que tiveram algum contato recente com a vítima munir as autoridades policiais com toda informação que possa ajudar a solucionar o caso”, afirmou ao blog.
Pedro Lopes Fontenelle tinha 46 anos e atuava no ramo frigorífico em Vargem Grande.

Não Chamem Pra Mesma Mesa o Prefeito e o Cunhado Vereador

A confusão começou numa comemoração de família. Os dois conversavam com o nível etílico um pouco acima do recomendado quando o parlamentar externou suas preocupações com o rumo do governo e o prefeito reagiu contrariado quando ouviu o irmão da primeira-dama lhe dizer que se a eleição fosse hoje ele seria derrotado.
O problema aumentou durante uma recente posse de secretários no gabinete do prefeito. Parecia que ele já estava concluindo mais um dos seus longos discursos quando olhou o vereador entre os presentes e relembrou o diálogo afirmando não levar a sério o diagnóstico. Constrangendo o parlamentar, o prefeito disse que aquilo era conversa de quem estava com algo cheio de cachaça.
O vereador, é claro, não escondeu a contrariedade com a conversa, que havia acontecido em âmbito privado, ser tratada publicamente e principalmente com os termos que o prefeito usou na frente de outros parlamentares e membros da equipe de governo.
Pra piorar, ao saber das reclamações do vereador, o pre…

Mais um empresário se prepara para disputar a Prefeitura

Está difícil manter a contagem de quantos pré-candidatos ao cargo de prefeito de Chapadinha já estão no páreo. Hoje pela manhã foi a vez do empresário Nenezão se filiar ao Partido dos Trabalhadores (PT) se colocando a disposição da legenda para a disputa.
A informação é do presidente do Diretório Municipal, o ex-vereador Manim Lopes, que acredita que uma candidatura própria é o melhor caminho para o partido voltar a ter representatividade local.