Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2008

Encerrando as municipais

Desculpem pela ausência durante esta semana. Problemas técnicos.

Algumas considerações sobre as eleições municipais:


Uma coisa é uma coisa

As eleições municipais têm praticamente nenhum impacto nas eleições presidenciais de 2010.

Se tivesse, o grande derrotado seria Ciro Gomes (PSB-CE), que comprou a briga em Fortaleza embarcando pra valer na campanha da senador Patrícia Saboya (PDT-CE) e viu Luizianne Lins (PT) ser reeleita em 1º turno. Pra piorar, o PSB aumentou seu número de prefeituras consideravelmente e Ciro pouco participou disso. Se tivesse rodado o país se promovendo como pré-candidato o sucesso do PSB seria creditado a ele.


Serra X Aécio

Esta história de o governo José Serra sair fortalecido e a frente de Aécio Neves na disputa para ser o candidato do PSDB em 2010 é balela. Márcio Lacerda (PSB) venceu pelos mesmo 60% a 40% e não estava no cargo de prefeito, diferentemente de Gilberto Kassab (DEM). Além do mais, Serra venceu na capital com Kassab, mas perdeu em Bauru, em Garulhos, …

Perdi 12 cervejas...

... e ganhei uma esquerda.

Aqui em São Luiz foi eleito o ex-governador biônico João Castelo (PSDB). Com muito dinheiro, com muito marketing, com o apoio subalterno do governo do Estado, com a simpatia de parte do PT e com métodos inescrupulosos João Castelo foi eleito.

Em São Paulo a imprensa fez um escândalo daquela tal peça publicitária da candidata Marta Suplicy (PT) que perguntava, entre várias outras coisas, se Gilberto Kassab (ex-PFL) era casado. Aqui foram feitos pafletos, alguns não assinados, e boatos falando que o deputado Flávio Dino (PCdoB), candidato derrotado no segundo turno, seria ateu, homossexual, assassino de cristãos, violento com a própria mulher, que ele colocaria "magia negra" do currículo escolar das crianças, entre outros absurdos. Cadê o Ricardo Noblat e Clóvis Rossi com suas revoltas?

Cadê os institutos de pesquisas que davam Castelo com cerca de 65% das intenções de voto? Até quando as pesquisas continuarão a "errar"? O resultado final most…

Greve e São Luiz

Não sei porque os movimentos sociais nunca têm a devida cobertura dos veículos de comunicação... quer dizer, eu sei, mas neste caso é ainda mais grave.

A greve dos bancários, que terminou esta semana, é para ficar na memória das mobilizações sociais brasileira. Foi uma greve longa, difícil, justa e que conseguiu, como nunca antes, a adesão dos bancários de bancos provados.

A proposta apresentada pelos banqueiros e aceita pelos trabalhadores foi de 10% de aumento nos salários dos trabalhadores que ganham até R$ 2.500,00 e 8,5% para os que ganham mais de R$ 2.500,00, além de aumento na participação dos lucros. Uma grande conquista para os bancários.



São Luiz

Só hoje falo sobre esta greve porque estou em viagem. Vim acompanhar o final do segundo turno em São Luiz. A disputa entre o tucano João Castelo, governador biônico na época da ditadura militar, e o petista filiado ao PCdoB Flávio Dino será uma das mais acirradas neste segundo turno.

Esqueçam as pesquisas eleitorais. Estas eleições (mais…

Eloá, o que as mídias e os especialistas não discutem

Há menos de 24h do trágico desfecho do seqüestro de Eloá Cristina Pimentel, por Lindemberg Alves, todos atônitos procuramos “compreender” via mediação dos meios de comunicação social e de especialistas da segurança pública, psicólogos, e outros, um fato presente cotidianamente no noticiário: a violência contra as mulheres.

Muitas são as explicações que tentam dar conta do comportamento do jovem, cujo perfil durante o processo de negociação fora retratado pelos meios como de um rapaz tranqüilo, trabalhador, que tinha planos para casar. “Dificuldade de lidar com as frustrações”; “comportamento passional”, “de tolerância muito baixa às frustrações”, entre outros argumentos são discutidos publicamente em jornais, sites, rádio, enfim, em todo processo de agendamento desta lamentável crônica de mais uma tragédia midiatizada.

Inúmeros aspectos deste acontecimento são ressaltados na cobertura: o lugar, os protagonistas, o tempo, amigos, imagens, os momentos de negociação, os lugares de origem d…

Erros e acertos

A Polícia errou no chamado sequestro do ABC. E quem tem a responsabilidade nas suas costas erra mesmo, porém não dá pra culpar exclusivamente a polícia, muito menos querer, por este meio, responsabilizar o governador José Serra.

Até agora o erro mais grave de que se tem notícia por parte da polícia foi não impedir que Nayara voltasse ao cativeiro. Por sorte, sorte mesmo, ela não morreu, mas critérios básicos foram desrespeitados.

Por outro lado, não posso deixar de concordar com a decisão de não atirar em Lindemberg. Os atiradores tiveram a oportunidade de fazê-lo, mas não o fizeram pois não tratava-se ali de um criminoso com longa ficha corrida, procurado e reconhecidamente perigoso a sociedade. Lindemberg era um rapaz desequilibrado emocionalmente e com uma arma na mão. O esforço da polícia tinha que ser o mesmo daquelas 100 horas anteriores, preservar aquelas três vidas. Uma delas foi perdida por culpa do próprio Lindemberg, que naquele momento agiu como marginal. Se o Estado tivesse…

Explica, Serra

O homem do compromisso, José Serra, é um gênio. A lógica que ele aplica nas suas declarações é fantástica.

Mário Covas, do PSDB, foi eleito governador em 1994. Covas foi reeleito em 1998. Com seu falecimento em 2001, o vice, Geraldo Alckmin, do PSDB, assume o governo. Em 2002, Alckmin foi reeleito. Em 2006, Serra foi escanteado e mesmo querendo ser candidato a presidente foi eleito governador de São Paulo.

São quatro mandatos consecutivos do PSDB no governo do estado de São Paulo. Serão, no mínimo, 16 anos seguidos de PSDB comandando São Paulo.

Agora, em 2008, 14 anos depois do início do reinado tucano em São Paulo, a Polícia Civil do estado tem o pior salário do Brasil. "E a culpa é do PT"!

Incrível!

E o Estadão, porta-voz do empresariado, da direita e (consequentemente) do PSDB estampa na primeira página a opinião de Serra. Por que não colocou a opinião do sindicato? Por que não colocou que a Polícia Civil de SP ganha o Pior Salário do Brasil?



Foto: Agência Brasil

Texto do Luís Favre

COMERCIAL 30”
QUEM É O KASSAB?“- Você sabe mesmo quem é o Kassab?
Sabe de onde ele veio?
Qual a história do seu partido?
De quem foi secretário e braço direito?
De quem esteve sempre ao lado, desde que começou na política?
Se já teve problemas com a justiça?
Se melhorou de vida depois da política?
É casado? Tem filhos?
Já que ele não informa nada, não é mais prudente se informar melhor sobre ele?Pra decidir certo,
é preciso conhecer bem.”Este comercial provocou a maior campanha da mídia brasileira em favor do respeito a vida privada dos políticos e a maior campanha em favor da tolerância e contra o preconceito.Nunca antes na história do Brasil a mídia reagiu com tanta ênfase para evitar que um figura pública, no caso Kassab, tivesse sua vida pessoal e sua opção sexual, respeitada.A mídia fez bem. Mas, porque ela só faz bem quando se trata de políticos que ela defende?Vocês imaginaram se essa mesma reação tivesse se manifestado quando os ataques violentos e diretos a vida privada, a família, aos…

Eu não sou casado...

... e não sou gay, ora bolas.

Que polêmica mais besta esta que estão fazendo com a propaganda eleitoral de Marta Suplicy. É preconceituoso perguntar sobre o passado e o presente do candidato? Sobre questões de cunho pessoal? Preconceituoso é quem considera homossexualismo defeito e Marta pode ter vários defeitos, mas este não.

Preconceituoso é o jornalista Ricardo Noblat: "O comercial que pergunta se Kassab é casado, se tem filhos, é preconceituoso, sim. É sexista, sim. Como seria preconceituoso e sexista um comercial que insinuasse que Marta traiu o ex-marido antes de se separar dele", escreveu em seu blog. Isto sim é tentar utilizar questões de cunho pessoal contra um candidato. As questões matrimoniais de Marta dizem respeito a ela e a quem é atingido diretamente, assim como a sexualidade do prefeito Gilberto Kassab é um problema dele.

Fato: Quem era Kassab há quatro atrás? O povo de São Paulo sabe quem ele é? A história dele, do partido dele? O povo não elegeu Kassab. Ele é…

A onda vermelha não foi uma tsunami...

... foi só uma marolinha.

Primeiro permitam-me pedir desculpas e explicar. Só hoje, sexta-feira, comento aqui os resultados do primeiro turno porque voltei de Natal para Brasília de carro (e haja PAC nas estradas) e só cheguei na quarta-feira. Na quinta descansei e agora volto a programação normal. Vamos lá.


O nível da discussão política destas eleições foi muito baixo. Boa parte das campanhas se deu no esforço dos candidatos de se mostrarem amigos de infância do presidente Lula, outra parte foi envenenada pelas velhas práticas, como a compra de votos. E ainda tem gente que chama nossas eleições de festa da democracia. Que democracia? Vivemos um arremedo de democracia.

O que ficou claro nesta eleições é que nem com 80% de popularidade Lula não elege poste. Perdeu o primeiro de São Paulo e perdeu feio no primeiro turno em Natal (as duas cidades que ele mesmo estipulou como prioridades). Outra prova de que a alta popularidade do presidente não faz milagre é que sua maior votação proporcion…

Impressão minha?

Envelheceu?

Antes


Depois

Votos do Blog do Braga

O Blog do Braga tem sede em Brasília, onde não há eleições municipais, mas acompanhou as campanhas o quanto pôde e vem a público, a algumas horas do início da votação recomendar alguns votos.


Natal = Fátima Bezerra (PT). O senador José Agripino (DEM) que me desculpe, mas o belo sorriso da deputado Micarla de Sousa (PV) não me convence.

Recife = João da Costa (PT). O candidato está para o atual prefeito João Paulo assim como Dilma Rousseff está para Lula. Foi o braço direito de uma administração bem sucedida e o trabalho merece continuar.

Salvador = ACM Neto (DEM). O deputado merece ir para o segundo turno e sofrer uma fragorosa derrota, preferencialmente com a eleição do deputado Walter Pinheiro (PT), homem correto que pode ajustar os rumos da bela capital baiana. Tchau carlismo.

Fortaleza = Luizianne Lins (PT). Boa prefeita, merece continuar.

São Luís = Flávio Dino (PCdoB). Melhor deputado de primeiro mandato, Dino parece ser o único capaz de evitar a eleição de João Castelo (PSDB), repre…

Continuo dando um tempo

Pessoal, o Brasil é muito melhor do que Brasília, aquela ilha de fantasia.
Acompanho de perto a reta final da disputa aqui de Natal e a coisa anda animada. As últimas pesquisas, feitas depois da vinda do presidente Lula, apontam uma queda da candidata petista Fátima Bezerra e um crescimento de Micarla de Sousa, candidata apoiada pelo senador José Agripino Maia (ex-PFL), invertendo a tendência que se apresentava antes da presença do presidente na capital potiguar.
Eu, que vi o governador violador de painel perder 10% de intenção em um único dia (clique aqui para relembrar), não dou credibilidade a estas pesquisas. O clima na cidade, ignorando-se as pesquisas, é de que a disputa não termina em 5 de outubro.
Se Micarla for eleita será muito feio para o PT e para toda a coligação. Fátima tem o apoio dos dois candidatos que disputaram o segundo turno da apertada eleição para o governo do estado em 2006, a governadora Wilma de Faria (PSB), e o presidente do Congresso Nacional Garibaldi Alves F…