Pular para o conteúdo principal

Merenda escolar é distribuída em todas as escolas do Sistema Municipal de Ensino de Chapadinha

Secretária Municipal de Educação, Profª Enir Lima sendo entrevistada pela equipe da TV Mirante de Chapadinha, no momento em que esta recebe a carga com a merenda escolar.


por Sousa Neto - Ascom/SEMED


Secretaria Municipal de Educação-SEMED, através de seu Departamento de Alimentação Nutricional, vem cumprindo rigorosamente o planejamento de distribuição da merenda escolar, elaborado pelo gabinete administrativo.

Esta é a primeira remessa deste ano, visto que havia saldo do ano anterior, pois a administração municipal vem intensificando ações cuidadosas para não deixar faltar merenda nas escolas.

Atualmente o departamento de merenda escolar atende 162 escolas, sendo 27 na sede e 135 na zona rural e mensalmente são distribuídas uma média de 77 toneladas de alimentos para 17.500 alunos, sendo 6.500 da zona rural e 11.000 da sede. A entrega é garantida e a merenda escolar está presente em todas as escolas do município, independentemente da distância ou quantidade de alunos.

Cabe a Prefeitura Municipal através de processo licitatório, comprar a merenda, de acordo com as normas do padrão de qualidade e respeitando o valor nutricional determinado pelo Ministério da Educação-MEC; zelar pelo armazenamento, distribuição e higiene, para atender os padrões de qualidade.

O preparo da merenda é feito nas próprias escolas, sob orientação da nutricionista Dra. Adriane Souza,  e atende as exigências do programa, que sugere 20% das necessidades nutricionais dos estudantes durante o período de permanência em sala de aula.

Para atender as exigências do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação), a prefeitura faz o investimento de 30% do repasse, para a compra de produtos da agricultura familiar. Já estão sendo adquiridos: bolo de mesocarpo de babaçu, batata doce, cheiro verde, maxixe, quiabo e outros produtos produzidos por associações do município de Chapadinha, e introduzidos na alimentação escolar.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pastor de Chapadinha vai a Itapecuru prestar depoimento

O assassinato do empresário Pedro Lopes Fontenelle, em Vargem Grande, ainda é um mistério. Para ajudar a solucionar o caso o pastor Elias Lima, presidente da Assembleia de Deus em Chapadinha, se dirigiu à Delegacia de Itapecuru-Mirim na manhã desta terça-feira (02) para prestar depoimento.
O crime aconteceu na última quarta-feira (27) às margens da BR-222, em frente a uma propriedade que o pastor havia vendido para o empresário. O empresário foi executado com dois tiros e não levaram nada dele.
Segundo um genro do pastor, o irmão Ezequiel Douglas, ele não recebeu qualquer intimação para comparecer ao distrito policial que investiga o caso e se dirigiu de forma espontânea. “Como ninguém sabe quem são os autores nem a motivação do crime, cabe todos que tiveram algum contato recente com a vítima munir as autoridades policiais com toda informação que possa ajudar a solucionar o caso”, afirmou ao blog.
Pedro Lopes Fontenelle tinha 46 anos e atuava no ramo frigorífico em Vargem Grande.

Não Chamem Pra Mesma Mesa o Prefeito e o Cunhado Vereador

A confusão começou numa comemoração de família. Os dois conversavam com o nível etílico um pouco acima do recomendado quando o parlamentar externou suas preocupações com o rumo do governo e o prefeito reagiu contrariado quando ouviu o irmão da primeira-dama lhe dizer que se a eleição fosse hoje ele seria derrotado.
O problema aumentou durante uma recente posse de secretários no gabinete do prefeito. Parecia que ele já estava concluindo mais um dos seus longos discursos quando olhou o vereador entre os presentes e relembrou o diálogo afirmando não levar a sério o diagnóstico. Constrangendo o parlamentar, o prefeito disse que aquilo era conversa de quem estava com algo cheio de cachaça.
O vereador, é claro, não escondeu a contrariedade com a conversa, que havia acontecido em âmbito privado, ser tratada publicamente e principalmente com os termos que o prefeito usou na frente de outros parlamentares e membros da equipe de governo.
Pra piorar, ao saber das reclamações do vereador, o pre…

Top 20 prefeituráveis de 2020

Com metade do mandato do prefeito Magno Bacelar superado as articulações para a sua sucessão devem começar a esquentar e o Blog do Braga traz a lista com os 20 nomes mais cogitados para enfrentar a disputa municipal de 2020.
É possível que outros nomes sejam discutidos até as convenções do ano que e o mais provável é que três ou quatro sejam registrados pelos partidos políticos, mas os nomes mais especulados nas rodas de conversa da cidade e pelo grupos políticos locais até aqui são os seguintes:
Magno Bacelar: Apesar das três condenações com trânsito em julgado no Tribunal de Contas da União (TCU), não dá para deixar de considerar o nome do prefeito que está no cargo, principalmente considerando sua capacidade de se livrar de problemas jurídicos. Dificilmente conseguirá desfazer o atual desgaste do seu governo, mas tem a marca de ter sido o único prefeito reeleito de Chapadinha, em 2004.
Danubia Carneiro: Primeira-dama, ex-prefeita e secretária de Assistência Social. Parece mais inter…