Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2011

Luís Carlos Jr Lança Blog CN1 com Melhor da Crônica Policial

Do blog do Alexandre Pinheiro

A imprensa de Chapadinha acaba de ganhar um veículo importantíssimo para completar o noticiário do cotidiano da cidade. Com uma experiência de mais trinta anos (isso mesmo!, ele começou ainda garoto) Luís Carlos Júnior - que traz a bagagem de quem começou pela Rádio Ribamar e hoje compõe a TV e Rádio Mirante de Chapadinha – inaugura seu blog o CN1 Notícias de Chapadinha. 
Com conteúdo diverso, mas com especialidade para cobertura policial, Luís Carlos traz o faro e as fontes dos melhores cronistas desta área tão delicada. Vale a pena incluir o CN1 entre os seus favoritos. 
Para conhecer o CN1 clique aqui.

Nota do Blogue: Chapadinha precisa de mais jornalistas com o profissionalismo de Luís Carlos Júnior.

Quando se luta em defesa do que se deveria combater

O nova direção do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Chapadinha (Sindchap), alinhada politicamente ao grupo de oposição do município, vem anunciando uma série de manifestações pedindo que a administração municipal pague abono salarial aos professores da rede ensino municipal.
Mais do que um pedido, o abono virou a única bandeira do Sindicato. Desde a posse da nova direção não se tem notícia de qualquer outra reivindicação pública da entidade. Só, e tão somente, a exigência de abono salarial.
Triste início de gestão.
A política de abono salarial é algo que deveria ser combatido por qualquer entidade sindical que defenda a valorização profissional da sua categoria. De que adianta uma categoria receber abono às custas de viver sobrecarregada, com os salários achatados e tendo seus direitos desrespeitados? É isso que defende, por outras vias, quem quer que o governo pague abono ano após ano.
O abono é um dinheiro que o profissional recebe uma vez e passa o resto do ano sem t…

Municípios recebem parcela do FPM. O repasse é 197% maior que o do mes passado

Foi creditada, nesta segunda-feira (20), nas contas de todas as prefeituras brasileiras a segunda parcela dos recursos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), referente ao mês de junho. O valor total repassado foi de R$ 1.100.585.758,46, já com a retenção do Fundo da Educação Básica (Fundeb).
Segundo o presidente da União Brasileira de Municípios (UBAM),Leonardo Santana, o FPM teve uma recuperação em torno de 197% em relação ao repasse do mês passado, algo que demonstra, segundo ele, um significativo aumento dos tributos arrecadados por todo Brasil.
Para Leonardo, esse é um momento importante para os Prefeitos e Prefeitas que vinham colecionando dívidas por conta da crise que vem atingindo os Municípios, por isso, segundo ele, a UBAM está enviando correspondência para todos os gestores, orientando-os a economizarem o máximo, pois esse aumento não significa que o FPM deverá registrar aumento nos próximos meses, para que as prefeituras não vivam a mesma experiência que viveu antes …

Danúbia e o Silêncio que Condena

Por Alexandre Pinheiro



No direito toda alegação da parte autora deve ser frontalmente repelida na contestação do réu sob pena de tornar incontroverso o tal fato alegado que – grosso modo – passa a ser considerado verdadeiro pelo juiz. No papo de esquina, pode-se traduzir por: passou batido!  
Na vida pública isso também acaba acontecendo. Enquanto algumas autoridades confrontadas com denúncias apostam no esquecimento, sem apresentar sua versão, a opinião pública vai acumulando informações e forjando o conceito acerca dessa figura pública. 
Chapadinha tem sido pródiga na falta de satisfação dos gestores em questionamentos muito pertinentes. Da época do ex-prefeito Isaías até hoje, não raros os momentos de apagão de informações dos ocupantes do cargo maior do município. 
Isaías tem – entre outras mazelas – o atraso de até 9 meses de salários que deixou no término de governo, sem ter ao menos tentado justificar os motivos ou sequer falar sobre o assunto até os dias atuais. Nunca se ouviu del…

A convite do secretário Eduardo Braga, prefeita visita instalações da SEMAS e autoriza reformas e ampliações

Desde que foi empossado o secretário Municipal de Assistência Social, Eduardo Braga tem buscado ao máximo transformar a maneira de atuação da pasta no município. Depois de conferir a situação das instalações que compõem a SEMAS, em especial os CRAS, o secretário solicitou que a prefeita municipal, Danúbia Carneiro, o acompanhasse numa visita por todas as unidades a fim de definir ações que possam sanar os problemas encontrados, melhorando o assistencialismo no município.
A visita a essas unidades aconteceu nessa segunda-feira, 06. A prefeita e o secretário estiveram visitando os CRAS do Areal, Caterpillar e bairro Nossa Senhora de Fátima (Vila Isamara), e por fim a sede da SEMAS.
No CRAS do Areal, uma das instalações que se encontra com maior dano em suas estruturas, a prefeita anunciou a total reforma da unidade e ainda a recuperação de um poço artesiano, usado para seu abastecimento. Portões, partes internas, banheiros e outras repartições serão recuperadas. As atividades desse CRAS se…

Faculdade COC abre seletivo para Serviço Social e Filosofia em Chapadinha-MA

Há bastante tempo aguardado em Chapadinha-MA, a Faculdade Interativa COC, agora elevada à categoria de Centro Universitário UNISEB COC, abre novamente inscrições para o processo seletivo VESTIBULAR para os cursos de Serviço Social e Filosofia.
A prova será no dia 19 de junho de 2011, na sede da instituição, na rua do oeste, 954, bairro São José.
Fone para contato: (98) 3471-0655
Haverá outras entradas nesses cursos durante o mês de julho, com início das aulas para o final do mês 7.
Não perca esta oportunidade. A Faculdade Interativa COC está presente em Chapadinha-MA desde 2007 e tem provado sua confiabilidade especialmente na garantia da manutenção de seus cursos na segurança de sua regularidade perante o MEC.
O pólo de Chapadinha-MA já está em processo de conclusão das primeiras turmas e abre agora espaço para novas entradas, disponibilizando o acesso a cursos em alta tecnologia e integração nacional de polos.
A entidade já disponibiliza cursos de Administração, Ciências Contábeis, Tecnol…

Salários justos no setor público. Ou de como o Brasil precisa de mais engenheiros e professores e menos advogados

Extraído do Blog Acerto de Contas
Certo discurso hegemônico na década de 1990 fez crer que o Estado e o funcionalismo público eram, por definição, ineficientes. O setor público como um todo seria um mal necessário a ser reduzido ao mínimo possível: dever-se-ia manter, se possível, apenas a polícia e os tribunais.
Esse discurso perdeu força, na última década, sobretudo na América Latina. O avanço de governos de esquerda, alguns comprometidos com a democracia política outros nem tanto, evidenciou que a retórica neoliberal escondia um sério paradoxo.
Aqueles que pregavam a redução do tamanho do Estado escondiam de seus argumentos o fato de que os grandes agentes econômicos sediados nos países industrializados tiveram que contar, para a acumulação de capital, com mercados internos que só foram possíveis por meio da existência de Estados sociais fortes.
Sem a existência de sistemas de seguridade social que garantissem a inclusão no mercado, tanto como consumidor, como trabalhador, não teria si…

Vice-governador e secretário apresentam Programa de Erradicação da Pobreza do Governo em Brasília

O vice-governador Washington Luiz e o secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Francisco Gomes, entregaram, na quinta-feira (2), na sede do Ministério do Desenvolvimento Social, em Brasília, o Programa de Erradicação da Miséria do Governo do Maranhão à secretária Extraordinária de Superação da Extrema Pobreza, Ana Fonseca. Pela manhã, eles participaram, no Palácio do Planalto, da solenidade de lançamento do Plano Brasil Sem Miséria com a participação da presidenta Dilma Rousseff e da ministra Tereza Campello.
Nos mesmos moldes do Plano Federal, o Programa de Erradicação da Pobreza do Governo do Maranhão foi recebido com muito entusiasmo pela equipe da nova Secretaria Extraordinária de Superação da Extrema Pobreza, criada especialmente para cuidar do novo projeto. "O Maranhão está de parabéns por ter apresentado a sua versão do programa de combate a miséria no mesmo dia que em o Governo Federal lança o seu plano. É uma iniciativa louvável e podem contar com a parceria do min…

O programa de erradicação da miséria

Da BBC Brasil
Moradora de um bairro pobre de Sobradinho, uma das cidades-satélites de Brasília, Rosineide Lima da Silva testemunhou nos últimos anos os efeitos que programas de transferência de renda e a boa situação econômica do país tiveram em sua vizinhança: muitas famílias reformaram suas casas, compraram veículos e eletrodomésticos. Mas ela afirma que foi excluída do progresso – sem conseguir se cadastrar para receber o Bolsa Família (diz que se inscreveu em um centro federal, mas jamais obteve o benefício), depende dos R$ 250 mensais que ganha como manicure para sustentar, sozinha, os três filhos pequenos. "Nunca ganhei um centavo do governo. E todo mês a vida fica mais cara", queixa-se. Silva, 29 anos, pertence a uma parcela da população que, apesar das políticas sociais e dos ventos favoráveis à economia brasileira, não conseguiu deixar o último patamar da pirâmide social, a pobreza extrema. O grupo, composto por famílias com renda per capita mensal de até R$ 70, critéri…