Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2018

Pra não dizer que não falei de Magnúbia

Por Alexandre Pinheiro 
As dificuldades que o governo Magno Bacelar enfrenta dispensam enumeração de tão notórias. Neste primeiro texto – ainda não entre nas causas e consequências da forma como Chapadinha é governada atualmente – analiso de forma breve, mas com a seriedade que o momento requer e dividindo em grupos de interesse como sendo oposição versus governistas e a parcela da população que não tem vínculo partidário.
A oposição explora como se não houvesse amanhã e como se não tivesse mazelas no passado recente em que teve a oportunidade de fazer diferente e não fez, tá no papel dela. E poderia fazer melhor se no meio dela (oposição) tivesse mais gente com vontade de fiscalizar, buscar a verdade profunda e produzir críticas pertinentes e menos aqueles tipos que usam de ataques violentos como senha para tentar entrar no governo. 
Ao povo que não é do ramo da política partidária e nada ganha com degaste deste ou daquele grupo em benefício de outro, interessa a solução dos problemas …

DEPOIS DA COPA A GENTE CONVERSA

O deputado fascista que hoje lidera as pesquisas não chegará ao segundo turno e metade de quem hoje diz apoiá-lo terá vergonha de ter pensado em votar nele. Seu apoio vem de uma justa, porém difusa, sensação de indignação que todo brasileiro tem, mas passado o São João e a Copa do Mundo o debate começará de verdade e o eleitor será obrigado a encarar o constrangedor despreparo deste senhor. Candidatos com algum currículo e preparo já se movimentam para herdar estes votos.