Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2018

Câmara de Chapadinha fez o que precisava ser feito (com dois anos de atraso)

Felizes seriam os quinze vereadores de Chapadinha e toda a população se fosse possível extinguir todos os tributos e garantir salários e serviços públicos de graça, mas o mundo real não permite que discursos demagógicos sejam implementados sem o acompanhamento de catástrofes econômicas.
Municípios como Chapadinha sobrevivem quase exclusivamente de recursos transferidos pelos governos federal e estadual. A arrecadação local é muito pequena, e só não é menor graças ao Código Tributário aprovado (por unanimidade) no governo da ex-prefeita Belezinha, que hoje viu os vereadores do seu grupo político votarem contra as medidas de contenção da crise enviadas à Câmara pela Prefeitura Municipal.
É sempre bom lembrar e alertas: Houve reajustes de impostos no governo Belezinha, houve reajustes de impostos no governo Magno e haverá reajuste de impostos no próximo governo se os repasses federais continuarem no ritmo atual. Pode ser quem for o prefeito e os quinze vereadores (talvez alguns dos que…

Jovens chapadinhenses se destacam com talento na fotografia

O ano de 2018 vai se encerrando como um ciclo de vitórias para a dupla Júlio Araújo e Maurilenny Costa. O casal por trás da “Juma”se firmou como referência de fotografia artística exibindo as belezas chapadinhenses com talento e técnica apurada.
Aproximados pelo interesse em comum em fotografar, Júlio e Maurilenny apenas se divertiam com o hobby até comprarem uma câmera profissional e começarem a fazer os primeiros ensaios. Iam pelas redes sociais convidando algumas pessoas e essas acabaram sendo as maiores divulgadoras do seu trabalho.
Aos poucos eles foram empurrados pelo próprio talento para assumir a atividade como fonte de renda e passaram a se dedicar a uma rotina de estudos online, prática constante e investimento em equipamento e softwares para a pós-produção dos ensaios. Assim nasceu a Juma Fotografia.
O perfil que eles mantém no Instagram (link no final da matéria) serve para que os seus seguidores possam acompanhar desde pequenos making ofs até algumas fotografias dos ens…

O melhor e o pior prefeito

Quem viveu em Chapadinha o alvorecer do século XXI se impressionou com a mudança trazida pelas gestões do Dr Magno Bacelar. Do atraso para o pagamento adiantado, avenidas recebiam asfalto pela primeira vez depois de décadas, de quatro professores graduados a rede municipal de ensino pulou para mais trezentos com apenas um convênio entre a Prefeitura e a Universidade Estadual do Piauí (Uespi), postos de saúde eram inaugurados em diferentes bairros e o atendimento hospitalar era satisfatório. Foram oito anos tão bem administrados que ele conseguiu fazer como sua sucessora a ex-vereadora Danubia Carneiro, que era muito rejeitada na época.
Então como é possível que este mesmo cidadão lidere hoje uma administração tão rejeitada no mesmo município onde antes ele era cogitado até para disputar o governo do estado? Por que até os servidores públicos tão priorizados voltam a ver salários sendo atrasados. O que foi que mudou?

Simples: “É a economia, estúpido”. Magno governou oito anos consecut…

Ou a taxa de iluminação será atualizada agora, ou continuaremos no escuro por mais um ano

Há mais de um mês escrevi aqui sobre o assunto e agora volto a ele fazendo uma súplica ao governo municipal e à Câmara de Vereadores: Apreciem o projeto de atualização da Contribuição de Iluminação Pública (CIP) e nos tirem do escuro.
Não há energia elétrica grátis. Nem nos mais 10 mil postes do município, nem na belíssima ornamentação natalina que as praças receberam. Ainda assim, o município de Chapadinha vai completar nove anos sem atualizar a CIP e o preço da energia elétrica mais do que dobrou neste período. O resultado é o completo esgotamento da capacidade da Prefeitura realizar a manutenção da rede. Ao invés de receber da Cemar o que sobrava da CIP depois de descontado o consumo dos pontos de iluminação pública, a gestão municipal está tendo que pagar à empresa concessionária o quanto o consumo tem extrapolado da arrecadação.
O município está numa encruzilhada da qual ele não sairá sem crítica. Ou aumentará o valor que nós consumidores pagamos de CIP ou manterá as ruas escuras t…

Governo do Maranhão decide entregar UPA à Prefeitura de Chapadinha

O governo do Maranhão já comunicou oficialmente à Prefeitura de Chapadinha a decisão de entregar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para a gestão municipal a partir do dia 1º de janeiro de 2019.
Em ofício dirigido ao prefeito Magno Bacelar, o secretário estadual de Saúde Carlos Lula justifica a decisão como consequência da inauguração do Hospital Regional de Chapadinha, ocorrida no dia 11 de agosto de 2018, e se compromete em repassar R$ 200 mil para ajudar a manutenção da unidade.
A UPA de Chapadinha tem classificação de porte 2 e foi construída com R$ 3,1 milhões do governo federal, mas não abriu as portas até o dia 29 de março de 2017 porque o município não tinha condições de manter o custeio da unidade. Foi quando intervenção do deputado estadual Levi Pontes convenceu o governo do Maranhão a assumir a administração da UPA e investir mais R$ 1 milhão por mês para que a população recebesse o serviço de pronto atendimento.
Ouvida pelo Blog, a secretária municipal de Saúde Mônica P…

Chapadinha receberá R$ 1,3 milhão adicional nesta sexta-feira

O repasse adicional de 1% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de dezembro deve ser depositado até às 18h desta sexta-feira, 07 de dezembro, nas contas das prefeituras de todo o país. A previsão da Confederação Nacional de Municípios (CNM) é de que o montante recebido por Chapadinha seja de mais de um milhão e trezentos mil reais (R$ 1.336.620,37 em número exatos). O valor é 6,67% maior do que o recebido pela prefeitura no mesmo adicional de 2017.
O montante não interfere na parcela regular a ser transferida no dia 10 e deve ajudar a administração a manter os salários dos servidores em dia. Sobre este valor não incide retenção automática para o Fundeb, sendo de livre utilização do gestor, nos termos da lei.
No acumulado de janeiro até novembro de 2018 o FPM de Chapadinha recebeu R$ 28,2 milhões (R$ 28.284.492,47). Um valor 6,2% maior do que no mesmo período do ano passado.
Com informações do Portal CNM