Pular para o conteúdo principal

FAP: Alunos lotam auditório para aula inaugural

Professora Nony Braga apresentou o corpo docente para o semestre 2019.1

O auditório Profª Teresa Pflueger recebeu na noite de ontem (11) a aula inaugural do semestre 2019.1 da Faculdade do Baixo Parnaíba (FAP).

Com o tema “Meu lugar no mundo: participação e representatividade no Ensino Superior em um contexto multicultural”, os professores mestres Iramir Sousa, Ricarte Santos e Lucas Santos prenderam a atenção dos alunos tratando das peculiaridades do nosso território.

Professores Iramir Araújo, Ricarte Santos e Lucas Santos compuseram a mesa

Foi destacado que a Faculdade do Baixo Parnaíba é a única instituição de ensino que nasceu com a identidade desta região e que precisamos estar atentos para as características locais. “Os desafios enfrentados por advogados, administradores, professores, assistentes sociais e outros profissionais formados aqui são diferentes dos desafios em outros lugares onde o acesso ensino básico de qualidade, por exemplo, é um direito mais respeitado”, lembrou o professor Lucas Santos, que além lecionar no curso de Direito assumiu a coordenação Núcleo de Pesquisa e Extensão (Nupex) da FAP.

Durante a aula ainda foi realizada a apresentação do corpo docente da faculdade para o semestre que se inicia e atividades de acolhimento entre os alunos e profissionais. Na fala de abertura, a diretora de ensino, professora Nony Braga, saudou o início das comemorações pelos 14 anos de atividade acadêmica da faculdade e reafirmou o compromisso da instituição com o ensino de qualidade. “Temos enfrentado vários desafios ao longo dos anos para chegar onde estamos hoje, mas não perdemos o foco. Vamos continuar expandindo a faculdade e abrindo novos cursos que ajudem no desenvolvimento local”, afirmou.

Acolhimento entre professores e alunos

Falando aos alunos, a professora Nony ainda lembrou que eles não são clientes da FAP, pois educação não é mercadoria ou serviço, mas sim um direito. “Trabalhamos para garantir uma educação superior da melhor qualidade possível. Isto é lutar contra amarras que seguram nossa comunidade, pois só o conhecimento liberta”, complementou. 

Novos e antigos alunos continuam podendo se inscrever para o vestibular agendado até sexta-feira (15), mesma data limite para as inscrições no Programa de Bolsas de Estudos da FAP (ProFap) que concede descontos de até 40%. As matrículas ocorrem até o dia 20.

Da assessoria
Fotos: Victor Morais

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pastor de Chapadinha vai a Itapecuru prestar depoimento

O assassinato do empresário Pedro Lopes Fontenelle, em Vargem Grande, ainda é um mistério. Para ajudar a solucionar o caso o pastor Elias Lima, presidente da Assembleia de Deus em Chapadinha, se dirigiu à Delegacia de Itapecuru-Mirim na manhã desta terça-feira (02) para prestar depoimento.
O crime aconteceu na última quarta-feira (27) às margens da BR-222, em frente a uma propriedade que o pastor havia vendido para o empresário. O empresário foi executado com dois tiros e não levaram nada dele.
Segundo um genro do pastor, o irmão Ezequiel Douglas, ele não recebeu qualquer intimação para comparecer ao distrito policial que investiga o caso e se dirigiu de forma espontânea. “Como ninguém sabe quem são os autores nem a motivação do crime, cabe todos que tiveram algum contato recente com a vítima munir as autoridades policiais com toda informação que possa ajudar a solucionar o caso”, afirmou ao blog.
Pedro Lopes Fontenelle tinha 46 anos e atuava no ramo frigorífico em Vargem Grande.

O que não te disseram sobre a "farra dos contracheques"

Enquanto a gritaria tomava conta das redes sociais, me dediquei a estudar a folha de pagamento da Prefeitura de Chapadinha e verifiquei alguns dados que precisam ser esclarecidos.
Primeiro, nenhum vigia “recebe” R$ 6 mil. O presente do indicativo é usado para demonstrar ação continuada. E o vigia Marcelo Costa Abreu, segundo este mesmo Portal da Transparência que serve de fonte para pinçar informações pela metade e causar alvoroço, tem um salário de R$ 1.247,50. Nos meses de Setembro e Outubro ele recebeu gratificações para compensar outros serviços que ele teria prestado à administração municipal, segundo relato dele mesmo em áudio que circula nos grupos de WhatsApp.
A realização destes trabalhos deve ser atestada, mas essa checagem desmonta a tese segunda qual ele receberia um grande salário para dividir com um ex-prefeito e um vereador.
Outro dado que tem aparecido de maneira muito distorcida é a lotação de todos os servidores como funcionários do gabinete do prefeito. Na verdade…

Mais um empresário se prepara para disputar a Prefeitura

Está difícil manter a contagem de quantos pré-candidatos ao cargo de prefeito de Chapadinha já estão no páreo. Hoje pela manhã foi a vez do empresário Nenezão se filiar ao Partido dos Trabalhadores (PT) se colocando a disposição da legenda para a disputa.
A informação é do presidente do Diretório Municipal, o ex-vereador Manim Lopes, que acredita que uma candidatura própria é o melhor caminho para o partido voltar a ter representatividade local.