Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2019

Dança das cadeiras: Jaciara Saraiva assume cargo regional em Chapadinha

Depois das mudanças nos comandos da 6ª Ciretran e da agência do Viva Cidadão foi a vez da Unidade Regional de Saúde. Vago há dois meses, quando o ex-gestor Alex Marinho pediu exoneração, o cargo passa a ser ocupado por Jaciara Vasconcelos Saraiva.
A nomeação da nova gestora foi publicada na edição do dia 6 de setembro do Diário Oficial do Estado e a posse ocorreu ontem (10) na sede da Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão. A nova gestora é fisioterapeuta por formação e tem experiências anteriores na supervisão da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e do Hospital Regional de Chapadinha.
Filiada ao DEM e casada com o advogado e pré-candidato a prefeito Aldy Saraiva Jr, Jaciara tem se reunido desde o início da semana com setores da Secretaria de estado definindo as políticas públicas de saúde a serem implementadas pela Regional logo no início de sua gestão.


A pesquisa de Paulo Neto está certa ou é igual à de 2018? Lembre os números.

Bastou o prefeito Magno Bacelar integrar a base de apoio do governador Flávio Dino para a mídia ligada ao grupo Sarney publicar vantagem da sua adversária em pesquisa de intenção de voto (veja aqui).
Quem acompanha o Blog do Braga sabe de qual pesquisa se trata: Aquela contratada pelo deputado Paulo Neto para testar o desempenho dos pré-candidatos Aldy Junior, Neto Pontes e Marcelo Marinheiro. Somados eles juntam 9% de intenção de voto, segundo o instituto, dando razão ao ex-deputado Levi Pontes: Não dá para medir com uma pesquisa a esta altura o desempenho de quem ainda nem começou a divulgar o próprio nome.
Em 2018, o mesmo deputado contratou o mesmo instituto de pesquisa e os números para deputado federal em Chapadinha foram os seguintes:

Para quem não lembra do resultado da eleição, trazemos um quadro comparativo entre o que dizia a pesquisa e o que foi apurado nas urnas:

A vereadora Missicley, que apoiava a candidatura de Paulo Neto a deputado estadual, aparecia com quatro vezes…

FAP homenageia prof. Arno Kreutz

O auditório da Faculdade do Baixo Parnaíba (FAP) se encheu de emoção na noite de ontem (04) durante a homenagem póstuma organizada pela instituição ao professor Arno Kreutz.
Falecido no mês passado aos 85 anos, Arno Kreutz ganhou destaque no Maranhão como um dos formuladores do projeto João de Barro, na década de 1960. “Ele já era um nome conhecido na educação quando eu me elegi e o procurei para me ajudar a abrir este campus da UFMA”, lembrou o ex-prefeito de Chapadinha José Almeida em vídeo produzido para a educação.
O episódio aconteceu em 1984, quando quatro chapadinhenses foram aprovados no vestibular da Universidade Federal do Maranhão e o professor Arno veio para o município ajudar a formar a primeira turma da história do campus com mais uma dezena de alunos.
Também na UFMA, em São Luís, Arno Kreutz foi professor da diretora de Ensino da FAP Nony Braga, marcando sua formação a ponto de ter sido homenageado por ela no nome da entidade mantenedora da FAP, o Cresu (Centro Regional d…

16° Batalhão Atualiza Números de Telefone

O 16° Batalhão de Policia Militar do Maranhão, sediado em Chapadinha, divulgou à população a atualização dos números de telefone do quartel para a comunicação direta com o cidadão.
TELEFONES: Fixo               (98)  3471-2631 Celular Vivo  (98) 99110-7579 Celular Claro (98) 98495-4673 Atualmente sob comando do Major Wermeson Barbosa (foto), o batalhão tem tido destaque como a unidade que mais apreende armas de fogo no estado e aposta na parceira com a população para melhorar os índices de segurança pública, mas é necessário que todos colaborem. "A Polícia Militar alerta que passar trote para os serviços de segurança é crime e o autor estará sujeito às medidas cabíveis”, lembra o comandante.
O alerta tem como fundamento o artigo 340 do Código Penal: Provocar a ação de autoridade, comunicando-lhe a ocorrência de crime ou de contravenção que sabe não se ter verificado: Pena - detenção, de um a seis meses, ou multa.